Cores e Cheiros de Sintra

terça-feira, 24 de maio de 2011

Com o trabalho a apertar, o fim de semana não deu para grandes programas. Por isso, no domingo, ao final da tarde, decidi que estava na hora de arejar.Inicialmente, foi pensada uma volta pela serra que incluia uma visita ao Chalet da Condessa D'Elda, recentemente inaugurado após o términus das obras. Percebi rapidamente que as horas já não mo permitiam. E o que eu precisava mesmo era de ver cores, sentir cheiros, enfim, olhar bocados da minha Sintra.



Com  o Chalet em lista de espera, fui espreitar outros lugares.


Sintra é sempre bela, repito-o vezes sem conta. Mas há alturas do ano em que o seu encanto parece crescer e voltar a crescer.


Tendo saido em busca de cores, enchemos os olhos, como se à nossa frente estivessem múltiplas e permanentes paletas a transbordar.






Os caminhos conduzem-nos invariávelmente por pedaços de beleza selvagem,

onde parecemos ficar embriagados por uma miscelânea de aromas, que ora nos parecem familiares,


ora se apresentam como absolutamente desconhecidos e imperceptíveis.


Um pensamento que sempre me acompanha é que podemos percorrê-los todos os dias porque nunca se repetem.



Sintra é bela e grandiosa no que tem para dar.



Estes são os caminhos em que me perco



deambulando ao lado do sol,


e de onde retorno, com a ajuda da lua da minha rua.


2 comentários:

Daniela Colaço 26 de maio de 2011 às 17:59  

Olá.
Podia ficar a saber qual a zona deste último passeio? Esta vegetação mais rasteirinha, as colinas...não estou a situar...
Bela caminhada de fim de tarde!
E o Chalet está também na minha lista de lugares para visitar. =)

chá de sintra 31 de maio de 2011 às 00:37  

Olá Daniela,
O percurso é em Nafarros. O tempo é pouco e não tem dado para colocar mapas. Fica a promessa para daqui a uns meses...

Enviar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP